-A A +A
São Mateus - ES

Detalhamento

1. Projeto Pedagógico de Curso (PPC)

O PPC vigente da Engenharia de Petróleo é a versão 2006. Correções e alterações foram concluidas em janeiro de 2011.

  • Faça download do documento no Anexo 1 ao final da página.

2. Grade curricular

A grade curricular elaborada após alterações no PPC 2006.

  • Faça download do documento no Anexo 2 ao final da página.

3. Curriculo do curso

Nivel: Ensino superior,
Grau conferido: Engenheiro de Petróleo,
Turno: Diurno,
Tipo: Presencial,
Modalidade: Bacharelado,
Regime: Semestral,
Número de vagas: 50,
Hora-aula: 50 min,
Calendario escolar: 200 dias letivos,
Carga horária total: 3.915.

4. Forma de acceso ao curso

Vestibular anual com entrada única de 50 alunos no primeiro semestre, sendo reservado 40 % dessas vagas para alunos da rede pública de ensino médio com renda familiar inferior a limite estabelecido pela instituição.

5. Organização curricular

O Curso de Graduação em Engenharia de Petróleo está fundamentado nas determinações legais, nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Superior e nos Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Superior, bem como nas Diretrizes do Projeto Político Pedagógico da Universidade Federal do Espírito Santo.

5.1 Eixo de conteudos

Núcleo Geral Básico: matemática, física, química, informática, humanidades, ciências do ambiente.

Núcleo Profissionalizante Básico: Formação profissional básica para Engenharia de Petróleo.

Núcleo Profissionalizante Específico:  Engenharia de Exploração, Engenharia de reservatório, Engenharia de Poço, Engenharia de Produção.

5.2 Estagio supervisionado

Estágio Curricular Supervisionado constitui-se como parte de sua estrutura curricular, sendo de caráter obrigatório, com 300 de carga horária. O estágio caracteriza-se como um conjunto de atividades de aprendizagem profissional e de ensino sob a forma de ações instituídas, devidamente orientadas, acompanhadas e supervisionadas pela Universidade. Os estágios serão executados em órgãos públicos e instituições de direito privado, desde que apresentem condições necessárias e adequadas para a formação profissional do estagiário.

5.3 Atividades complementares

Deseja-se fornecer ao estudante a oportunidade de diversificar e enriquecer sua formação através da participação em diversos eventos, como por exemplo: iniciação científica, monitoria, participação em projetos de extensão, participação em congressos da área de formação, publicação de artigos científicos, etc.

  • Tabela de atividades complementares (Colegiado), faça download do documento no Anexo 3 ao final da página;
  • Tabela de atividades complementares (SIE), faça download do documento no Anexo 4 ao final da página.

5.4 Projeto de graduação

A atividade de integralização curricular Projeto de Graduação dar-se-á subdividida em dois períodos no último ano do curso, proposta de distribuição encaminhada ao CEPE/UFES para aprovação. No 9º período, o aluno realizará um projeto que deverá ser aprovado para que o aluno matricule-se, no 10º período em Trabalho de Conclusão de Curso.

6. Requisitos para a obtenção do grau de Engenheiro de Petróleo

Integralização de 3.915 h, formada pelas seguintes componentes curriculares

  • Disciplinas obrigatórias: 3.135 h,
  • Disciplinas optativas: 225 h,
  • Estágio supervisionado: 300 h,
  • Atividades complementares: 135 h,
  • Projeto de Graduação: 120 h.

7. Avaliação do processo ensino aprendizagem

A avaliação do desempenho escolar é feita por disciplinas semestrais, considerando aspectos de assiduidade e aproveitamento. A assiduidade diz respeito à freqüência às aulas teóricas, aos trabalhos escolares, aos exercícios de aplicação e atividades práticas.

O aproveitamento escolar é avaliado através de acompanhamento contínuo do estudante e dos resultados por ele obtidos nas atividades avaliativas.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia Governador Mário Covas, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-540